sexta-feira, 31 de outubro de 2008

O que é Moda?

Olá meninas,
como prometido, nova postagem falando sobre moda!!!
E aproveito para dizer para vocês ficarem de olho no blog
e nas novas postagem, pois como havia dito lá no post do New Visu, o blog mudou
de roupa, está trazendo cada dia mais melhorias em seus post para atingir todos os leitores do blog, profissionais, estudantes, consumidores , enfim.. e vai rolar promoções!!! Então fiquem de olhoooo =)
Edna Moda me ajuda a falar para vocês o que é moda.

O que é Moda?
Negrito
O que a roupa reflete sobre a cultura de um povo?
Por que nos vestimos diferente de nossos antepassados?
Como a sociedade se retrata através da roupa?
A roupa tem acompanhado o homem desde o início de sua evolução. O homem pré-histórico cobria-se com a pele de animais para enfrentar situações climáticas adversas. Mas é incorreto dizer que o fizesse apenas por esse motivo. As peles de animais, amarradas sobre o corpo, embora tornassem o homem mais agasalhado contra o frio emais protegido contra espinhos e vegetação, toalhiam-lhe os movimentos, fazendo com que tivesse menos agilidade ao fugir de predadores.
Então como se justificam as imagens de homens vestidos nos desenhos rupestres que retratam caçadas (uma atividade de risco) ? Os historiadores concordam que o homem pré-histórico era místico e tinha duas crenças sobre as caçadas: a primeira é de que desenhando os animais que ele pretendia caçar, ele ja estava retratando sua vitória, como se desenhasse o futuro; e a outra (justamente a que nos interessa) é que vestindo a pele de animais anteriormente caçados, ele adquiria a força daquele animal.
Se avançarmos um pouco no tempo veremos que as primeiras civilizações mantinham crenças semelhantes, sendo que seus sacerdotes usavam roupas de pele para os rituais religiosos, e muitos dos deuses estavam associados a figuras de animais. Essas primeiras civilizações (assírios, babilônicos e egípcios) desenvolveram vestimentas diferentes, mas com uma característica em comum. Não se tratavam mais de peles curtidas e amarradas sobre o corpo, mas de fibras naturais tecidas, como lã e linho.
Os assírios, que eram uma civiização guerreira e ainda relativamente nômade, usavam roupas de lã, pois podiam mover seus rebanhos conforme a disponibilidade de terras conquistadas. Já os Egípcios, que se fixaram às margens do Nilo, usavam as fibras do linho que era cultivado às margens do rio. A roupa de um povo estava então, como é até hoje, diretamente relacionada às suas opções de matéria-prima e condições tecnológicas.
O siginificado místico da roupa era visto especialmente nos sacerdotes e nos governantes (reis e faraós) que usavam trajes e jóias que os diferenciavam dos demais. Desde cedo também, a roupa foi usada para diferenciar classes sociais.
Até esse momento a roupa era uma forma de identificar a condição do indivíduo dentro da sociedade, existindo inclusive leis sumárias que proibiam o uso de um outro traje, pois tais eram privilégio da nobreza ou do governante maior. No Império e Bizânico (atual Istambul) os tecidos tingidos de cor púrpura eram privilégios do imperador e de sua esposa. As demais pessoas, nem mesmo os membros da corte, poderiam fazer uso daquela cor. Até o final da Idade Média podemos constatar que existia Indumentária, roupa, mas não MODA.
Com a Revolução Comercial, a burguesia enriqueceu e tinha, também, acesso a tecidos trazidos do oriente. Em busca de ascensão social os comerciantes compravam títulos de nobreza, e conseqüentemente adotavam outra forma de vestir. A classe dos nobres e dos comerciantes ricos tornou-se numerosa.
Como se diferenciar de tanta gente?
Como se destacar dentre os demais da corte?
A resposta estava nas roupas, e aqui e acolá começavam a surgir detalhes de vestimenta, que eram copiados muitas vezes pela influência do usuário. Os estilos eram ditados pelo dominio e influência do usuário. Os estilos eram ditados pelo domínio e influência política das nações, fazendo com que cada época apresentasse, na roupa, detalhes característicos do país mais influente na Europa no momento.
É a partir desse fenômeno que podemos falar de MODA, ou seja, as pessoas mudam sua forma de vestir em função de influências sociais. A roupa, que a princípio era determinada apenas pelos recursos disponíveis e tecnologia, passa a variar os estilos conforme vogas da época. Está caracterizada a MODA.
Joffily (1999:27) afirma que "Moda é o fenômeno social ou cultural, de caráter mais ou menos coercitivo, que consiste na mudança periódica de estilo, e cuja vitalidade provém da necessidade de conquistar ou manter uma determinada posição social". Este conceito pode ser ampliado quando pensamos que moda é também um fenômeno temporal, caracterizado pela constante mudança, quando um lançamento faz com que o estilo anterior seja descartado, conforme explica Lipovetsky (1987:159)
A moda surge no momento histórico em que o homem passa a valorizar-se pela diferenciação dos demais através da aparência, o que podemos traduzir em individualização. Todavia essa diferenciação de uns, visa uma identificação com outros, pois a moda se dá através de cópia do estilo daqueles a quem se admira. Na era do consumo em massa, podemos concluir que moda são valores materializados nos bens de consumo massificados, e que, à medida que vão sendo consumidos, pautam as relações entre pessoas a partir das aparências e de um ciclo de absolescência programada que privilegia aquilo que é novo. Simplificando: a moda e um fenômeno social de caráter temporário que descreve a aceitação e disseminação de um padrão ou estilo, pelo mercado consumidor, até a sua massificação e consenqüente absolescência como diferenciador social.
Fonte: Livro - Inventando Moda (Planejamento de coleção) - Doris Treptow

Livro é ótimo, quem estuda moda, aprende muito com a leitura dele, vale à pena ter ele na coleção =)

5 comentários:

Felina disse...

Lindona,
você está de nota 10 !!!!!!!
Logo nota-se de que é a pessoa certa na área certa...
Conheço muita menina formada em Moda,que trabalha como assistente de estilo no mínimo,e não saberia fazer essa descrição tão bem quanto você.rs

bjinhos

Felina disse...

Lindona,
você está de nota 10 !!!!!!!
Logo nota-se de que é a pessoa certa na área certa...
Conheço muita menina formada em Moda,que trabalha como assistente de estilo no mínimo,e não saberia fazer essa descrição tão bem quanto você.rs

bjinhos

Amandinha disse...

O post ta otimo, e a bonequinha então? nota 1000, que fofa!
é do filme os incriveis eu acho... rsrsr

Beijos
;*

Amandinha disse...

Eu tirei de uma comunidade no orkut.. rs

=D

Beijos e Boa Semana!

Anônimo disse...

http://www.aidensroom.com/ ljhlujshjo diablo gold